453 Gramas


453 gramasEntre quanto pesa uma libra de fibra de vidro ou de resina? Quanto vale um Mega Pascal ou um Bar? Quem fala em PSI não entende o que é uma atmosfera de pressão, ou mesmo uma polegada de mercúrio... e assim por diante. A confusão é tanta que, se você pedir para um americano mover uma antepara 178 centímetros, ele não vai saber a distância, a menos que você diga uma jarda, dois pés e 10 polegadas. E se você quiser comprar um tecido de fibra de vidro de 600 gramas por metro quadrado, vai ter que pedir 18 onças por jarda quadrada. A vida de um engenheiro não é fácil neste mundo global.

Pois esta foi exatamente à prova em que o judeu Shylock foi posto no clássico "O Mercador de Veneza", de Shakespeare, onde Bassanio, um nobre e oportunista veneziano que perdeu toda a sua herança, planeja casar-se com Porcia, uma bela e rica herdeira, e pede que seu amigo e amante, Antonio, concorde em lhe emprestar três mil ducados para que ele viaje até Belmonte, onde vive Porcia. Como Antonio é um mercador, toda a sua fortuna está investida numa frota de navios mercantes que navegam em águas estrangeiras, sem a certeza de retomo. Ele então faz um empréstimo junto ao visceral judeu Shylock, um usurário e agiota que concorda em emprestar o dinheiro, desde que Antonio empenhe uma libra de sua própria carne como garantia. No século 16, os judeus eram proibidos de possuir propriedades na Europa e viviam da usura, ou empréstimo de dinheiro, pecado condenado pela Igreja católica, que forçava os judeus a viverem em guetos e serem identificados por um chapéu vermelho no meio da população cristã da Europa.

Quando Bassanio chega a Belmonte, recebe a notícia de que os navios de Antonio naufragaram e ele perdeu toda sua fortuna, estando sua vida, agora, nas mãos de Shylock. Mesmo Porcia e Bassanio oferecendo o dobro da quantia do empréstimo, Shylock não mostra clemência, e exige sua libra de carne do peito do mercador cristão Antonio, retirando o seu coração em frente ao Dodge de Veneza. Entretanto, a história tem uma reviravolta, pois a lei somente permite a retirada de uma libra precisa, nem mais nem menos, acarretando ao judeu o ônus de perder sua fortuna e sua vida. A situação piora para Shylock quando sabe que será obrigado a cumprir a nota promissória e tirar a carne de Antonio, caso contrário o mercador e a corte terão a prioridade de requisitar parte de sua fortuna de usurário e obrigar que ele se converta em cristão, o que acontece no final.

O Mercador de Veneza confronta o que há de melhor e o que há de pior na alma humana: tolerância e intolerância, usura, benemerência, amizade, vingança, interesse, paixão e romance, e me faz lembrar que uma libra de carne pesa o mesmo que uma libra de fibra de vidro. Exatos 453,59 gramas.